Startup cria um Hub de Suporte ao COVID-19 para Plano de Retomada

maio 11, 2020 8:30 pm

Durante toda a crise, a Hero365 esteve em contato constante com líderes de equipe de algumas empresas. A primeira coisa em que todos estão focados é na sobrevivência de seus negócios.

No entanto, uma vez concluídos os planos do cenários de testes de estresse, a atenção parece mudar rapidamente para o mais importante de uma crise: pessoas e cultura. Principalmente visando um Plano de Retomada.

Nestes tempos difíceis, as empresas estão descobrindo qual é realmente a sua cultura. A maneira como as pessoas aparecem – dos líderes aos colaboradores da linha de frente – é baseada no ambiente que você criou para eles.

“Quando os colaboradores relembrarem esse período, lembrarão dos altos e baixos, de toda a experiência”. Diz Isabela Oliveira, Psicóloga Organizacional da Hero365.

A questão é: como você cria essa experiência para que ela seja entregue nos momentos mais importantes para seus colaboradores?

Neste artigo, descrevemos não apenas porquê estamos focados em incentivar as empresas a priorizar o Employee Experience durante e depois desse período, mas também como fazê-lo.

Garantir que todos nós tenhamos empregos no futuro não significa sacrificar como os colaboradores se sentirão quando chegarmos lá.

Porque você deve priorizar o Employee Experience no seu Plano de Retomada

Mesmo quando estamos passando por um momento difícil – especialmente quando estamos passando por um momento difícil -, concentre-se na experiência dos colaboradores.

Quando demissões em massa estão acontecendo em todos os lugares, pode ser tentador pensar que tudo que você precisa fazer é ajudar alguém a manter seu trabalho para fazê-los felizes.

No entanto, a experiência que você está criando hoje não é apenas hoje – é daqui a seis meses que as melhores pessoas descobrirão o que querem fazer. Como você quer que eles se lembrem da sua empresa? O que essa crise vai revelar sobre a cultura da sua empresas para seus colaboradores?

Enquanto os planos estão mudando, o estresse está aumentando e as operações simples estão em andamento, as pessoas são forçadas a se adaptar a tempos difíceis.

E nesse tipo de situação em que conflito, estresse e crise costumam surgir, você pode deixá-los sobrecarregados ou pode liderar o caminho e intencionalmente desenvolver as coisas que sua cultura representa.

“Se você não desenvolve sua cultura em uma crise, sua cultura não significa nada, para começar. E quando você tiver sucesso do outro lado, sua cultura será o motivo”. diz Thiago Dias, Diretor de Produtos da Hero365.

Como você pode priorizar o Employee Experience no seu Plano de Retomada

Todo livro didático sobre liderança em uma crise se concentra na comunicação.

Precisamos ser capazes de nos comunicar com clareza e “absorver o medo” de nossa equipe, para que eles possam dirigir-se a um plano diante de uma incerteza incrível. No entanto, um componente crucial da comunicação é a escuta, e isso geralmente é esquecido. Como você envia uma mensagem quando não sabe o que é importante para sua equipe?

Estamos vendo as organizações descobrirem como usar todas as ferramentas de que dispõem para entender rapidamente onde estão seus colaboradores – e como isso está mudando semanalmente ou mesmo diariamente.

A estratégia correta baseia-se em dois pilares: ouvir e responder. Abaixo estão algumas ações que estamos tomando na Hero365 para exercitar as duas coisas.

OUVINDO – Realizações de pesquisas internas de resposta a emergências

Acreditamos que não podemos efetivamente levar nosso pessoal a uma crise sem entender o máximo que pudermos sobre o que eles estão passando e quais são suas necessidades.

Em uma situação como essa, as curvas de como isso afeta suas vidas pessoais vão além do que jamais conheceremos.

Embora existam coisas fora de nosso controle como empresa (por exemplo, não podemos mudar a situação de vida de ninguém), é uma prioridade para nós ajudá-los a navegar nessa situação com as informações, recursos, ferramentas e flexibilidade que somos capazes de oferecer.

A realização de pesquisas de resposta a emergências é a maneira mais rápida de ver onde nossos recursos são eficazes e onde precisamos aprimorar. Quais gestores precisam de mais suporte? Quais equipes estão enfrentando mais desafios com a transição?

Em um momento como esse, apenas ouvindo e participando de uma conversa é uma maneira extremamente importante de apoiar seus colaboradores.

Um valor que descobrimos é que nossos pulsos nos ajudam a iniciar uma conversa.

Nesse ambiente, incluímos perguntas que são simplesmente auto-reflexões destinadas a ajudar a criar um espaço em que os colaboradores da Hero365 possam refletir, sentir gratidão ou se concentrar em seu próprio bem-estar – tudo o que pode ser difícil nesse ambiente.

“Quando estou tendo um dia particularmente ruim, ler as coisas pelas quais nossos colaboradores são gratos me dá uma quantidade enorme de motivação e energia”. diz Tiago Araújo, CEO da Hero365.

No entanto, ouvir não é suficiente. Você tem que agir de acordo com o que está ouvindo.

RESPONDENDO – Comunicações executivas transparentes

Nas últimas três semanas, priorizamos a comunicação excessiva com nossos colaboradores. Fornecemos atualizações diárias de dois minutos por vídeo, além de realatar a partir de nossa “Sala de Situação” (uma reunião diária de liderança, durante a qual analisamos métricas atualizadas relacionadas ao ambiente atual que podem afetar a forma como nos adaptamos como organização).

Obviamente, o objetivo geral das atualizações diárias é manter todos em todas as decisões e planejamento de negócios – planejamento financeiro, resumos de reuniões do conselho, planejamento de clientes. Mas também se tornou uma maneira de exercitar a vulnerabilidade – modelar essa vulnerabilidade não apenas ajuda os outros a se sentirem bem quanto navegam em sua própria incerteza, mas também os incentiva a fazer perguntas “reais” e compartilhar observações diretas (as quais são críticas em uma crise).

Eventos digitais recorrentes focados na conexão

Quando perguntamos aos colaboradores da Hero365 o que eles mais amam en nossa cultura, os relacionamento estão quase sempre no topo da lista. Mas a transição para um estado de trabalho em casa significa que a maneira como mantemos esses relacionamentos – as boas manhãs casuais, os passeios de café ou os almoços de grupo – precisa mudar.

Em todo o mundo, os colaboradores estão estabelecendo rapidamente novos formatos para manter a essência dessas experiências. Algumas dessas novas interações sociais são conduzidas por nossa equipe de pessoas, e às vezes o melhor trabalho que nossa equipe de pessoas faz é relaxar para permitir que novas ideias surjam organicamente.

Independentemente disso, geralmente trata-se simplesmente de manter as interações simples que tornam os bons e maus dias suportáveis – aquelas conversas sobre o tempo instável ou alguém vindo te elogiar em sua mesa após uma apresentação difícil.

Hub de Suporte ao COVID-19 para o seu Plano de Retomada

Baixe o E-book e tenha acesso aos Recursos e Tecnologias.

Baixar E-book para ter acesso agora mesmo ao HUB.

Conclusão

Ao refletir sobre as últimas semanas desta tempestade, sabemos que é preciso enfrentar a jornada de nossas equipes diante da mente.

Iremos encontrar algumas situações mais complicadas do que outras e ter que tomar algumas decisões incrivelmente difíceis.

Mas como nenhum de nós pode ver além do que está imediatamente à nossa frente, comprome-ti a me aater nas vozes daqueles que estão ao meu redor. Tomando a direção deles sobre o que é importante para eles; seguindo os conselhos de como posso servi-los melhor; e usando seus comentários para informar cada próximo passo.

Se você é um cliente da Hero365 e precisa de suporte na criação de sua estratégia de feedback, entre em contato com batman@hero365.app para começar.