E agora José? Como faremos Avaliação de Desempenho em meio a essa crise toda?

maio 12, 2020 3:48 pm

A grande maioria das organizações usa avaliações como uma maneira de medir o desempenho dos colaboradores, mas seu objetivo está evoluindo. Se você ama ou detesta a avaliação de desempenho dos colaboradores, parece que elas vieram para ficar.

O que torna ainda mais importante reconhecer e atuar nas áreas de melhoria. Neste artigo, exploraremos por que é fundamental investir na melhoria da análise de desempenho dos colaboradores e compartilhar dicas baseadas em evidências para ajudá-los a tomar medidas.

Em defesa da avaliação de desempenho dos colaboradores

Embora compreendamos completamente as frustrações existentes em torno das avaliações de desempenho dos colaboradores, há um problema mais profundo em jogo. Não é a própria revisão de desempenho que é problemática, mas a abordagem desatualizada que as empresas adotam.

A razão pela qual essa distinção é importante é que, no final do dia, acreditamos plenamente que os benefícios de ter um sistema de análise de desempenho dos colaboradores em vigor superam em muito os negativos.

Por exemplo, embora as avaliações por si só não melhores o desempenho, tentar ajudar seus colaboradores a crescer e se desenvolver sem uma forma de medição será altamente ineficaz. Sem mencionar que as análises de desempenho podem ajudá-lo a mapear metas individuais de colaboradores para KPIs mais amplos da empresa, entender melhor o desempenho da organização como um todo e desenvolver a cultura do local de trabalho com colaboradores de alto desempenho.

Como você poder ver, as análises de desempenho dos colaboradores desempenham um papel crítico nas organizações. Se você puder encontrar uma maneira de melhorar a experiência geral, poderá colher todos os benefícios dessa ferramenta útil.

O que nos leva de volta à questão de: como as empresas podem adotar uma abordagem mais modernizada e melhorar o processo de análise de desempenho dos colaboradores?

Crie uma cultura de feedback contínuo

A análise anual de desempenho recebe muitas críticas. No entanto, é importante reconhecer que existem dois tipos diferentes de avaliação de desempenho dos colaboradores: um que olha para trás e tenta entender o desempenho de uma pessoa ao longo do tempo. E outro que é mais voltado para o futuro e se concentra no uso de feedback para melhorar o desempenho de um colaborador no futuro. Estes são dois processos únicos que têm objetivos diferentes.

É por isso que incentivamos a criar uma cultura de feedback contínuo. Isso significa simplesmente estabelecer um ambiente em que você faça check-ins mais frequentes sobre desempenho, objetivos e desenvolvimento. Com essa abordagem, a revisão anual de desempenho não parece tão isolada e os colaboradores passam a ter um senso geral do que esperar da conversa, uma vez que recebem feedback ao longo do ano.

Use as frases certas

As palavras são importantes – especialmente quando se trata de análises de desempenho dos colaboradores. É importante usar as frases corretas de avaliação de desempenho durante uma avaliação para garantir que o feedback seja claro, empático e acionável. A última coisa que você deseja fazer é compartilhar comentários com seus colaboradores que são mal interpretados ou que não oferecem um caminho claro a seguir.

Por exemplo, dizer “toda a equipe se sente estressada com seu comportamento” é um feedback inútil. Isso deixa o colaborador com muitas perguntas, como: “A equipe inteira realmente se queixou de mim?” E “Que comportamento os está estressando?” Também pode fazer com que o colaborador se sinta isolado do resto de seus colegas.

Por outro lado, considere esta frase estratégica: “meu feedback é que você parar de enviar e-mails urgentes tarde da noite. Você está criando estresse para os outros membros da equipe fora do horário de trabalho, e não é um hábito saudável.” Isso deixa claro que comportamento está causando estresse, por que é importante parar e o comentárivo vem de um gestor, em vez de atribuir a responsabilidade à equipe.

Esteja ciente dos vieses

De acordo com um estudo recente da empresa de consultoria de gestão Deloitte, menos da metade dos colaboradores considera que a maneira como eles são avaliados é justa ou transparente. Diante disso, é importante estar cientes do vieses comuns que podem surgir durante a análise de desempenho dos colaboradores. O viés de primazia, por exemplo, é algo que você deve conhecer. Isso é algo que acontece quando os gestores se concentram nas informações aprendidas no início do relacionamento, como as primeiras impressões, em vez do desempenho real.

Outro problema como é o uso de linguagem de gênero durante a análise de desempenho dos colaboradores. Um estudo constatou que as avaliações das mulheres contêm quase o dobro da linguagem sobre seu estilo comunitário ou educativo, como “útil” ou “dedicado”. Os gestores também têm quase sete vezes mais chances de dizer aos colaboradores do sexo masculino que seu estilo de comunicação é muito moderado, enquanto as mulheres recebem 2,5 vezes mais feedback relacionado ao seu estilo agressivo de comunicação.

Treine seus gestores

As análises de desempenho são um processo que requer vulnerabilidade de colaboradores e gestores, o que torna importante que o relacionamento entre as duas partes seja construído com base em confiança e tranparência. Embora isso possa parecer óbvio, a pesquisa descobriu que a capacidade do gestor é um dos maiores obstáculos para as organizações. É por isso que as empresas devem investir no treinamento de sua liderança, especialmente quando se trata de três áreas: treinamento, franqueza e eliminaçãao de barreiras.

Em outras palavras, os gestores precisam apender como habilitar o desempenho, ter conversas difíceis e abrir o caminho para que seus colaboradores façam o melhor trabalho possível. Quando as empresas apoiam os gestores dessas três maneiras, os estudos mostram que eles têm uma probabilidade 12% maior de obter alto desempenho individual.

Selecione a escala de classificação mais adequada

As escalas de classificação geralmente são um componente necessário da análise de desempenho dos colaboradores. Eles podem ajudar as empresas a entender o desempenho de seus colaboradores para maximizar o crescimento e deixar claro para os colaboradores o que se espera deles para obter um aumento, promoção ou avançar suas carreiras por meio de medidas objetivas.

Quando projetadas adequadamente, as escalas de classificação de desempenho podem ajudar a diferenciar os de alto desempenho e os de baixo desempenho, identificar áreas de melhoria e oferecer transparência na tomada de decisões. Pesquisas mostram até que os melhores desempenhos podem superar o restante em mais de 400% – algo que você não seria capaz de identificar sem avaliar o desempenho. No entto, eles não são do tamanho único, por isso é importante entender exatamente o que você está procurando na sua escala de classificação e pornalizá-los de acordo com suas necessidades.

Aprenda a arte de dar feedback

Dar feedback eficaz é uma arte complicada de dominar. Mas a boa notícia é que sempre há maneiras de melhorar. Pode ser útil pensar em feedback em dois intervalos: reforço e correção. Dar feedback sobre o que você quer que as pessoas continuem e fazer mais é conhecido como feedback de reforço. E sugerir coisas que você acha que alguém deveria fazer menos ou parar de fazer é um feedback corretivo.

Ambas as formas de feedback podem se beneficiar de algumas diretrizes gerais, como preparar seus comentários com antecedência e observar o tempo. Além disso, é útil fornecer feedback específico e acionável para facilitar a digestão de seus colaboradores. Lembre-se de que a prática facilita um pouco o feedback, portanto, participar de uma cultura de feedback contínuo também ajudará a fortalecer esse músculo.

Desempenho e reconhecimento

Muitas organizações vinculam desempenho a reconhecimento, remuneração e promoções. Dado que o sustento de um colaborador depende da avaliação de desempenho, é fundamental que o processo seja o mais justo possível. Em particular, é importante garantir que seus colaboradores com melhor desempenho obtenham o reconhecimento que merecem, para que não se sintam subestimados por seu trabalho duro.

Também é importante que os colaboradores de baixo desempenho entendam seu desempenho para que possam receber o feedback e o treinamento de que precisam para melhorar. Garantir que o alinhamento entre desempenho e reconhecimento seja o mais claro possível não apenas ajudará os colaboradores a contribuir para o sucesso da empresa, mas também manterá a moral dos colaboradores elevada.

Não desista da avaliação de desempenho dos colaboradores; Você tem o poder de fazer alterações pequenas, mas significativas, que melhoram o processo geral e agregam grande valor a seus gestores e colaboradores.